Fernando Jorge Coelho Pinheiro

Desenhista - 29/10/2010
 

Desde a última terça-feira (26), todas as pessoas que adentram o Edifício Sede da Polícia Federal se deparam com uma suntuosa maquete. Trata-se de uma representação de como serão as instalações do novo Edifício Sede da instituição, cujas obras devem começar em meados de 2011. O design moderno e arrojado ganhou forma na mente do desenhista Fernando Jorge Coelho Pinheiro, que, em parceria com o escrivão Fábio Comunello, desenvolveu todo o estudo preliminar para o projeto.

Em conversa com a reportagem do SINPECPF, Fernando conta que a ideia nasceu há cerca de quatro anos, quando estava concluindo a graduação em arquitetura. “Na época, soube que a Polícia Federal tinha intenção de construir uma nova sede. Como eu precisava desenvolver um projeto para concluir o curso de arquitetura, resolvi trabalhar em uma proposta para o novo edifício sede”, revela.

Fernando resolveu então apresentar seu trabalho para a chefe da Divisão de Projetos e Edificações da Polícia Federal (DEOB), Maria Cláudia Schiavolini Corrêa, que gostou tanto das ideias do agora arquiteto a ponto de abraçar a proposta e apresentá-la à direção-geral. Na época, a Polícia Federal havia iniciado conversas com o arquiteto Oscar Niemeyer para a elaboração de um projeto, contudo, as negociações não avançaram e a direção-geral acabou caindo de amores pelo projeto de Fernando.

Após o aval da direção-geral do órgão, Fernando e o parceiro Fábio Comunello se debruçaram sobre o projeto para desenvolver o estudo preliminar da obra. Concluída esta etapa, a Polícia Federal abriu processo licitatório para contratar a empresa de engenharia responsável pela construção. Já com o contrato assinado, Fernando e Fábio receberam os reforços do arquiteto Didárcio Duailibi, também servidor do PECPF; do escrivão Marconi Simões e da engenheira Márcia Antheghini, funcionária da empresa vencedora da licitação. Juntos, eles concluíram o projeto e desenvolveram a maquete hoje exposta no hall de entrada do Edifício Sede.

Segundo Fernando, as linhas modernas e arrojadas vistas no projeto tiveram como fonte de inspiração a própria Polícia Federal. “A PF é vista como uma instituição de vanguarda, e minha proposta era de que a nova sede refletisse todo o dinamismo existente aqui”.

De fato, basta bater os olhos no projeto para ver que a nova sede tem todos os requisitos para servir como cartão de visitas de uma Polícia Federal contemporânea, antenada com os mais diversos conceitos vanguardistas. A expectativa é de que as obras sejam concluídas próximo à realização da Copa do Mundo de 2014. O SINPECPF espera que, até lá, nossa carreira já tenha sido reestruturada, e que a Polícia Federal já esteja consciente do valor e da capacidade dos servidores do PECPF, gente como o colega Fernando, que, por meio do trabalho, traça os contornos do futuro da instituição.

Nome: FERNANDO JORGE COÊLHO PINHEIRO

Data de nascimento: 20/08/1969

Local de Nascimento: TUNTUM-MA

Signo: LEÃO

Cidade onde está lotado: BRASÍLIA

Data de Ingresso no DPF: 02/2005

Setor onde está lotado: DEOB/CEPLAN/DLOG/DPF

Cargo: DESENHISTA

Onde trabalhava antes de ingressar na Polícia Federal: PREFEITURA MUNICIPAL DE ÁGUAS LINDAS DE GOIÁS

Formação: ARQUITETURA E URBANISMO

Cantor(a) Favorito: NEY MATOGROSSO - Compositor: CHICO BUARQUE

Livro Favorito: AS INTERMITÊNCIAS DA MORTE (JOSÉ SARAMAGO)

Ídolo: LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

O que faz a vida valer a pena: O ESSENCIAL

Sugestão para melhorias no DPF: A VALORIZAÇÃO DO PLANO ESPECIAL DE CARGOS (PECPF)

Uma mensagem para os colegas: NINGUÉM RECONHECE QUEM NÃO SE MOSTRA...

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar