Novas carteiras funcionais já estão sendo entregues aos servidores

Uma antiga barreira discriminatória começou a ruir na Polícia Federal. As novas carteiras funcionais já estão sendo distribuídas aos servidores e, pela primeira vez, os modelos destinados aos administrativos são idênticos aos dos policiais. Integram o conjunto porta-funcional de couro preto, emblema metálico da Polícia Federal e cartão de identidade funcional com o respectivo cargo em destaque.

“É óbvio que a nova carteira não resolve todos os problemas da categoria”, avalia o presidente do SinpecPF, Éder Fernando da Silva, “mas é um passo na direção certa e por isso deve ser comemorado”, completa, parabenizando a Direção-Geral pela decisão de permitir aos administrativos portar o documento. O sindicato trabalhará agora para que outras distinções injustificáveis entre as categorias também sejam extintas.

Para quem ainda não recebeu a nova funcional, vale relembrar as instruções gerais referentes ao processo divulgadas pela Polícia Federal. A confecção do documento é digital e as informações de cada servidor são migradas a partir dos sistemas E-GP (dados biográficos) e SINPA (dados biométricos: fotografia, assinatura e impressão digital).

Foi disponibilizado no Sistema de Segurança – SISED o módulo CARTEIRA FUNCIONAL, para que o servidor possa conferir ou atualizar seus dados, bem como informar se deseja alterar a foto existente no perfil, a qual constará do novo Cartão de Identidade Funcional. Vale destacar que a confirmação gerará a responsabilidade do servidor pelas informações.

Os servidores dos Setores de Recursos Humanos – SRH/SR/PF e do Serviço de Cadastro – SECAD/DRH/CRH/DGP/PF realizarão eventuais correções dos dados biográficos, assim como os Grupos de Identificação – GID e o SEPEX/DSEG/INI/DIREX/PF realizarão eventuais correções dos dados biométricos.

Para que o processo ocorra com a maior celeridade possível, a Polícia Federal solicita que todos os servidores confiram e atualizem seus dados cadastrais no E-GP, dando atenção especial aos seguintes dados: nome; filiação; naturalidade; país de nascimento; data de nascimento; Registro Geral – RG, CPF; cargo, matrícula SIAPE e matrícula PF.

Os colegas que necessitem alterar seus registros e que estejam impossibilitados de comparecer às unidades de recursos humanos durante esta fase inicial poderão fazê-lo posteriormente, à medida que retornarem ao exercício de suas funções, desde que comprovado o impedimento.

Os Setores de Recursos Humanos das Superintendências Regionais e o Serviço de Aposentadorias e Pensões – SEAP/DRH/CRH/DGP deverão convocar, gradativamente, os servidores inativos para fins de verificação dos dados cadastrais, apresentando-os, após, ao GID ou ao SEPEX/DSEG/INI/DIREX/PF das respectivas unidades para conferência dos dados biométricos, visando posterior emissão das carteiras funcionais dos aposentados. Dessa forma, o SinpecPF pede aos colegas aposentados que fiquem atentos à convocação por parte da Polícia Federal. Em caso de dúvidas, recomendamos que os colegas entrem em contato com o SEAP ou o Setor de Recursos Humanos da respectiva superintendência.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar