Deputado Rôney Nemer se prontifica a lutar pelos administrativos da PF

Em visita à Câmara dos Deputados na manhã desta quinta-feira (9), o SINPECPF conquistou mais um aliado na luta pela valorização da carreira administrativa. É o deputado Rôney Nemer (PP/DF), que recebeu o presidente Éder Fernando da Silva e o suplente da representação estadual de Goiás Edmar dos Santos Gomes para conhecer melhor os pleitos da categoria.

Nemer afirmou estar ciente da segregação enfrentada pelos administrativos da Polícia Federal. Auditor-Fiscal de carreira, o deputado fez um paralelo entre a situação enfrentada pelo PECPF com a realidade da Receita Federal. “Muitas vezes a Administração enxerga apenas os servidores do alto escalão, esquecendo-se da atividade meio. É preciso mudar essa realidade, equilibrando essa relação”, refletiu.

Para que isso ocorra, Nemer se prontificou a atuar como interlocutor do sindicato junto a outros parlamentares. “A composição das Comissões Parlamentares será definida após o Carnaval. Quando isso ocorrer, será possível avaliar quem deveremos procurar”, afirmou o deputado, que revelou estar predisposto a atuar na Comissão do Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP), por onde tramitam praticamente todas as demandas de interesse do PECPF.

O deputado também antecipou seu posicionamento em relação à proposta que permite aos administrativos lotados em organizações policiais advogar.  “É uma injustiça a vedação existente hoje”, afirmou, prometendo votar favoravelmente pela matéria.

Além do SINPECPF, participaram do encontro os colegas Francisco Soares e Renato Bezerra, servidores da Polícia Civil do Distrito Federal e assessores do deputado distrital Wellignton Luiz (PMDB), que abriu as portas de seu gabinete para trabalhar em conjunto com o sindicato. “O apoio do deputado é fundamental para que possamos abrir portas na Câmara Federal. Compartilhamos diversos pleitos com os administrativos da Polícia Civil do DF e nosso avanço também será benéfico para eles”, avalia o presidente Éder Fernando da Silva.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar