Câmara aprova projeto de lei com reajuste para o PECPF

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, entre a noite de ontem (1º) e a madrugada de hoje (2), 14 projetos de lei que tratam de recomposição salarial para diversas categorias, entre elas os administrativos da Polícia Federal. O PL 4.254/15 prevê aumento de 10,8% em duas parcelas e a incorporação da gratificação de desempenho na aposentadoria. A matéria segue agora para o Senado.

O reajuste acordado com o governo incidirá tanto sobre o vencimento básico quanto sobre a GDATPF. A primeira parcela será paga em agosto, e representará um aumento de 5,5% em relação à remuneração atual. A segunda parcela virá em janeiro de 2017, ajustando em 5% os valores de 2016.

Clique aqui para acessar a nova tabela.

A incorporação da GDATPF na aposentadoria ocorrerá em três parcelas anuais, que serão pagas sempre no mês de janeiro — em 2017, 2018 e 2019. O cálculo da incorporação levará em conta à média da avaliação de desempenho dos últimos cinco anos em atividade, com 1/3 do valor da diferença da média em relação ao valor pago atualmente sendo incorporado ao salário em cada parcela. (Clique aqui para entender melhor como será a incorporação)

Novas vagas — Outra proposta aprovada pela Câmara foi o PL 4.253/15, que propõe, entre outros temas, a criação de 683 vagas de agente administrativo para o PECPF. O projeto também precisa passar pelo crivo dos senadores.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar