Colegas paraibanos explicam atuação da PF em atividades de fiscalização e controle

Uma das principais batalhas do SINPECPF é regulamentar as atribuições da categoria administrativa. Queremos colocar no papel a participação dos servidores do PECPF nas atividades de fiscalização e de controle desenvolvidas pela Polícia Federal. Na prática, a categoria já executa tais tarefas em seu dia a dia. Falta agora o reconhecimento na letra da lei.

Prova disso são os colegas Pablo Moreno Feitosa Gurgel e Josemar Jorge de Almeida, lotados na Superintendência da Paraíba. O conhecimento adquirido por eles nas áreas de segurança privada, imigração e controle de armas e de produtos químicos fez com que ambos fossem designados para o estande da PF na Feira Contra a Corrupção, evento organizado pelo Fórum Paraibano de Combate a Corrupção (Focco-PB) em João Pessoa no último dia 9.

Durante a feira, várias instituições públicas prestaram contas sobre as ações desempenhadas no combate à corrupção, repassando ainda informações sobre a Carta de Serviços ao Cidadão, ferramenta de gestão que busca aproximar as organizações públicas da sociedade.

No caso da PF, foram esclarecidas dúvidas acerca da aquisição do passaporte, da aquisição e da posse de arma de fogo, sobre abertura de empresas de segurança privada, e sobre a participação em curso de formação de vigilantes, dentre outros assuntos.

Em conjunto com colegas policiais, Pablo e Josemar responderam às dúvidas de diversas pessoas, o que demonstra que a categoria está a par de todos os detalhes sobre o funcionamento das atividades de fiscalização e de controle da PF.  "Temos diversos servidores qualificados nessas áreas, até porque essas tarefas fazem parte do nosso dia a dia. É por isso que queremos a regulamentação", explica a presidente Leilane Ribeiro, que aproveita para parabenizar os colegas paraibanos pela participação na Feira Contra a Corrupção.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar