Joids são a prova de que a convivência harmoniosa ainda é possível na PF

Para aqueles que já se cansaram dos conflitos internos da Polícia Federal, os Joids são como um oásis nas areias do deserto (ou, no caso desta XIII edição, nas areais das praias de Florianópolis – SC). É sempre um alento ver colegas de diferentes cargos trajando os mesmos uniformes e disputando algo juntos, sem nenhum corporativismo envolvido. Rivalidade aqui, só entre os estados, mas prevalecendo sempre o clima amistoso entre as delegações.

Esse espírito de confraternização — infelizmente cada vez mais raro no cotidiano da Polícia Federal —, não passou batido durante os discursos proferidos na abertura do evento (6). Um exemplo foi a fala do presidente da Associação Nacional dos Servidores da Polícia Federal (Ansef), João Antunes, que destacou exatamente a natureza integradora por trás dos jogos. “Em 2015, os Joids celebram 30 anos. É fabuloso congregar todos os servidores do órgão sem nenhuma distinção. Que a Ansef consiga realizar esse evento por mais três décadas, continuando a unir a Polícia Federal”, conclamou.

O clima de confraternização também foi exaltado pela superintendente de Santa Catarina, Mara Baiocchi de Sant’Anna. Na avaliação dela, os Joids são um instrumento fundamental de integração entre os servidores de todo o país.

A cerimônia de abertura também contou com a presença da presidente do SINPECPF, Leilane Ribeiro, tendo sido presenciada ainda por diversos colegas administrativos que participam das competições. “Os Joids acabam servindo como um momento de reafirmação para a categoria. Aqui podemos reforçar o nosso potencial competindo lado a lado com os colegas policiais, em igualdade de condições”, destaca a presidente.

O deputado federal Aloísio Mendes (PSDC/MA), também agente de Polícia Federal, fez questão de prestigiar a abertura do evento, na qual conversou com a presidente Leilane. Além de comemorar a grande participação de administrativos nos jogos, o parlamentar reafirmou seu apoio aos pleitos do SINPECPF, colocando-se a disposição da categoria nas disputas travadas no Congresso Nacional, especialmente no que tange à Lei Orgânica.

Com quatro dias de competições, os administrativos já brilharam nos campos de futebol, nas quadras de vôlei e de tênis, nas pistas de atletismo e no tatame do jiu jitsu. Fora das arenas esportivas, o clima é de total descontração. Administrativos e policiais de norte a sul do país confraternizam juntos, em um clima que todos nós gostaríamos de ver em cada unidade de trabalho.

Desde já o sindicato homenageia os colegas que participam dessa festa tão importante, não apenas administrativos, mas também os policiais, afinal, a proposta dos Joids é justamente a integração entre todos os servidores.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar