Governo suspende reajustes de janeiro para agosto do ano que vem

O Ministério do Planejamento entrou em contato com o SINPECPF na tarde de hoje (14) para informar que os reajustes propostos inicialmente para 1º de janeiro de 2016 só poderão ser efetivados em agosto do mesmo ano.

A mudança de data vale tanto para o aumento salarial quanto para o aumento de benefícios e foi imposta pelo Palácio do Planalto para equilibrar as contas do orçamento do ano que vem. Ontem (14), Dilma esteve reunida com os ministros da área econômica para discutir onde o governo poderia cortar gastos. Segundo informações da imprensa, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, seria o defensor da suspensão dos reajustes.

Logo mais, Levy se junta ao ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, em coletiva que detalhará os planos do governo, que podem incluir ainda aumento de impostos.

O Planejamento também informou ainda não ter uma data para receber o SINPECPF para tratar da proposta da categoria.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar