Ministro do Planejamento recebe funcionalismo no dia 20 de março

O Ministério do Planejamento promove no dia 20 de março reunião entre as entidades representativas dos servidores públicos federais e o atual ministro da pasta, Nelson Barbosa. O SINPECPF participará do encontro, no qual o ministro ouvirá os representantes classistas, apresentará a conjuntura econômica de 2015 e falará sobre as diretrizes que nortearão as negociações neste ano.

O SINPECPF aproveitará o encontro para questionar quando serão retomadas as negociações sobre a modernização das atribuições dos servidores da Polícia Federal, paralisadas desde o período eleitoral de 2014.

Resposta às ameaças — Não por acaso, o convite do Ministério do Planejamento chega às vésperas do lançamento da Campanha Salarial Unificada 2015, programado para amanhã (25) pelo Fórum de Entidades do Serviço Público Federal, organização que congrega diversas entidades representativas do funcionalismo.

Para marcar o lançamento da campanha, o Fórum programou ato de protesto em frente ao próprio Planejamento. Um dos objetivos da manifestação é exatamente pressionar o governo pela retomada do diálogo com o funcionalismo. Embora o Planejamento tenha se antecipado ao agendar a reunião, a manifestação de amanhã segue confirmada.

A rápida ação do Ministério do Planejamento reforça o quanto é importante nos mobilizarmos pelo atendimento de nossas justas reivindicações. “Quem se cala não é ouvido”, ressalta a presidente do SINPECPF, Leilane Ribeiro, que alerta sobre a importância de todos os estados encaminharem seus posicionamentos sobre os temas discutidos na última Assembleia Geral Extraordinária do sindicato.

Pensando nisso, o sindicato decidiu estender o prazo para que cada estado se manifeste até o final deste mês. Assim, os seguintes estados deverão encaminhar suas posições até sexta-feira (27): Acre, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia e São Paulo.

Obs: Os estados que não encaminharem seu posicionamento até as 12h do dia 27 deverão acompanhar a maioria.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar