SINPECPF obtém distribuição inicial das vagas do cadastro reserva

O SINPECPF obteve com exclusividade a relação inicial de postos que a Polícia Federal pretende preencher com os candidatos aprovados fora das vagas no último concurso para o PECPF. Conforme antecipado pelo sindicato, a prioridade do órgão é fortalecer o efetivo dos grandes aeroportos. Para tanto, a PF solicitou ao Ministério do Planejamento autorização para prover 135 cargos vagos.

Das 135 vagas relacionadas pela PF, 117 já têm destino certo, conforme apurado pelo sindicato: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre, Belo Horizonte e Salvador. Guarulhos–SP, maior aeroporto do país, ficaria com 35 servidores. O Galeão, no Rio de Janeiro, receberia 23 novos colegas. O aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, ficaria com 13 servidores. O aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, ganharia reforço de 16 colegas. Já os aeroportos Tancredo Neves (Belo Horizonte) e Luís Eduardo Magalhães (Salvador) receberiam 15 novos servidores cada.

O SINPECPF obteve a relação com a Coordenação de Recursos Humanos da PF. Ainda não há confirmação sobre as lotações dos demais postos. Sabe-se, contudo, que dos 135 postos vagos, sete correspondem a cargos de nível superior, cujo concurso previu vagas apenas para Brasília.

O interesse da PF em fortalecer o efetivo dos aeroportos é oferecer uma resposta ao Tribunal de Contas da União (TCU), que condenou a terceirização praticada pelo órgão na área de imigração após sistemáticas denúncias do SINPECPF e de sindicatos policiais. O reforço dos aeroportos também servirá para diminuir a dependência da PF dos funcionários egressos da Infraero, que legalmente só podem executar 30% das atribuições desempenhadas por um servidor do PECPF.

Como crítico ferrenho da terceirização irregular, o SINPECPF apoia a convocação do cadastro reserva para reforço dos aeroportos. Entretanto, sabemos bem que a carência vai muito além deles. A PF de todo o país sofre com a carência de servidores administrativos, inclusive os estados sem grandes aeroportos internacionais. Por isso o sindicato defende a criação de novas vagas que possibilitem a convocação de todos os candidatos relacionados no cadastro reserva do concurso, em todo o país.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar