COMUNICADO: Reajuste anual dos planos de saúde

Durante as últimas semanas, as operadoras de saúde Amil e Medial – conveniadas ao SINPECPF pelo PF Saúde – estão entrando em contato com seus beneficiários para informar sobre a necessidade de migração dos planos atuais para novos planos. A justificativa é de que a sinistralidade (despesas com consultas, exames, internações, etc.) dos planos atuais é muito alta, e que por isso eles estão sendo desativados.

Para migrar para os novos planos, o beneficiário terá de arcar com reajustes de 14,98% (Amil) e de 19% (Medial). Segundo o Grupo ELO, empresa que intermedia os convênios com o SINPECPF, o percentual de ajuste seria o mesmo caso os planos anteriores fossem mantidos.

Visando comprovar a informação, o Grupo ELO apresentou ao SINPECPF dados do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) que apontam que os custos operacionais para as operadoras de saúde subiram 15% em 2013. As operadoras avaliam que os custos subirão ainda mais em 2014 em função de decisão da ANS que obriga os planos de saúde a cobrir 87 novas espécies de procedimentos médicos.

Os documentos também atesta que a rede credenciada dos novos planos é compatível com a rede dos os planos anteriores, havendo pequenas diferenças decorrentes da inclusão ou exclusão de algum prestador. A nova rede pode ser consultada nos sites da Amil/Medial ou em contato direto com o Grupo ELO.

Com a migração, ficam mantidas as condições atuais de atendimento, bem como as datas de pagamento das mensalidades. De acordo com o Grupo ELO, a migração foi a solução encontrada para que os beneficiários permaneçam nas operadoras sem serem obrigados a passar por novo período de carência.

Em virtude da mudança de Plano, será necessário que o servidor faça sua atualização cadastral e de todos os seus beneficiários. Informamos, ainda, que as cobranças passarão a serem efetuadas mediante débito em conta ou boleto bancário.

Seguros Unimed S/A – Os planos de saúde oferecidos pela operadora Seguros Unimed S/A também serão reajustados, em percentual de 15,5%. Porém, neste caso não será necessário migrar de um plano para outro.

O SINPECPF submeteu o valor dos reajustes à análise de nossos advogados. Embora os percentuais estejam dentro do patamar praticado pelo mercado, queremos avaliar se existem brechas legais para proteger nossos filiados de eventuais abusos.

Em caso de dúvidas, alteração cadastral e demais procedimentos relacionados ao plano de saúde, o filiado deverá entrar em contato com a central de atendimento do Grupo ELO:

Telefones:

(61) 3248-2001

0800-603-7100

Fax: (61) 3364-2002

Para fazer a opção por algum dos planos oferecidos pelo SINPECPF, o filiado deve acessar o site PF Saúde (www.grupoelosaude.com.br), no qual encontrará todas as informações a respeito de cada um dos planos ofertados, desde a extensão da cobertura, até os valores praticados.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar