Ações de combate a droga e reestruturação da PF são tema de debate

A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia discute nesta terça-feira (8) ações de combate às drogas na fronteira do Brasil e reestruturação da Polícia Federal. O debate havia sido marcado inicialmente para 25 de março mas foi adiado.

Para o deputado Givaldo Carimbão (Pros-AL), que propôs o debate, o Brasil está falhando no combate ao crack e os municípios da faixa de fronteira (principalmente os limítrofes com a Colômbia, Bolívia, Peru e Paraguai) são os que mais têm sentido os efeitos desse problema, que se espalha por todos os Estados da Federação.

“Para um País de dimensões continentais, o Brasil conta com um inexpressivo número de policiais federais para fiscalizar as fronteiras. Dessa forma, as drogas continuam entrando facilmente no País, ocasionando um aumento da violência urbana e devastando milhares que famílias cujos parentes tornam-se viciados em algum tipo de droga”, avalia.

Foram convidados:

- o diretor geral do Departamento da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra;

- o secretário nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça, Vitore André Zílio Maximiano;

- o presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Distrito Federal, Flávio Werneck; e

- a presidente do Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal, Leilane Ribeiro de Oliveira.

Fonte: Agência Câmara

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar