Polícia Federal institui comissão para debater modernização do órgão

Como deve ser a Polícia Federal do futuro? Responder essa pergunta será o foco do trabalho da Comissão Especial instituída pela Portaria nº. 4343/2014-DG/DPF. Composta por integrantes de cada uma das categorias da PF, a comissão nasce com o propósito de retomar o diálogo entre os servidores, mediante a promoção de estudos para modernizar a instituição.

A ideia da Comissão partiu do diretor-executivo da PF, Rogério Viana Galloro, que propôs reunir representantes de cada categoria que não tivessem histórico de liderança sindical, podendo assim debater assuntos polêmicos sem se deixar levar por paixões classistas.

A intenção é que nenhum tema seja considerado tabu durante as discussões e todas as categorias terão oportunidade de apresentar sua visão sobre o futuro da PF em cada um dos assuntos abordados, desde que justificando os pontos de vista com argumentos. Os debates serão arbitrados pelo coordenador de recursos humanos, Delano Cerqueira Bunn, escolhido em função do conhecimento que detém sobre as demandas de todas as categorias.

A comissão não terá poder decisório – ou seja: não poderá colocar em prática nenhuma ação. Contudo, o resultado dos trabalhos será levado em consideração pela Direção-Geral em ações futuras que objetivem modificar a estrutura da instituição.

Representarão o PECPF na comissão a colega agente administrativa Jacqueline Rodrigues Fernandes e o colega técnico em assuntos educacionais Eduardo Schneider Machado.

Confira aqui o texto da Portaria nº. 4343/2014-DG/DPF

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar