SINPECPF leva Neri Boto aos jogos internacionais da Polícia em São Paulo

O servidor do PEC José Maria de Sousa Néri, da Superintendência Regional do Pará, participará das provas de natação dos XVII Jogos Internacionais de Policiais e Bombeiros, que está sendo realizado na cidade de São Paulo. Servidor do DPF há mais de 20 anos, Néri Boto – como é conhecido – competirá nas provas de 50 m borboleta; 50 m, 100 m e 200 m livre; e no revezamento misto 4/50 m livre. As provas acontecem nesta quinta, 27, e sexta-feira, 28.

A 17ª edição dos Jogos Internacionais de Policiais e Bombeiros foi aberta sábado, 22 e acontece até o dia 1° de agosto. Cerca de 4.500 mil atletas de 20 países competirão em diversas modalidades. Podem participar dos jogos todos os profissionais ligados à segurança, membros da Receita Federal, do Poder Judiciário, aposentados e cônjuges.

Pela primeira vez o evento acontece na América do Sul. É uma realização da Confederação Brasileira de Esportes das Polícias e Bombeiros, conjuntamente com o Governo do Estado e da Cidade de São Paulo, e também pelo Ministério dos Esportes e o Embratur.

O SINPECPF está apoiando a participação do atleta paraense no evento. De acordo com a presidente Hélia Cassemiro essas iniciativas acontecem porque “o Sindicato considera importante incentivar os filiados em competições esportivas. É uma forma de valorizar o servidor nas atividades que ele tem bom desempenho”.  

Para o atleta o apoio que o sindicato dá a seus filiados é um grande estimulo. “Isso incentiva ainda mais a prática de atividades esportivas. O esporte faz bem pra saúde e para o próprio trabalho. Esse apoio foi fundamental, fico feliz que o SINPECPF valoriza os servidores atletas”.

Incentivar servidores atletas é uma das bandeiras que o SINPECPF está defendendo. Um projeto que sugere criar Lei Federal garantindo horário especial de trabalho aos servidores da administração direta, autárquica e fundacional que participam de treinamento sistemático para atleta, foi entregue pelo sindicato ao ex-ministro dos Esportes e deputado federal Agnelo Queiroz (PC do B-DF).

A sugestão tem como base a Lei Distrital 2.967 de sete de maio de 2002, que concede esse tipo de benefício aos servidores do Distrito Federal. O projeto pede a redução de no máximo 30% da carga horária de trabalho para o servidor que é atleta e precisa realizar treinamentos diários.

Perfil

José Néri, de 51 anos, é natural de Ourém interior do Pará. Atleta desde pequeno, seu excelente desempenho na natação lhe rendeu muitas vitórias em competições e o apelido de “Boto do Pará”.  Também é considerado um dos melhores nadadores da história do Departamento de Polícia Federal, foi recordista da polícia dos

50 m, 100 m livre, 50 m e 100 m costas.

Os estilos que o atleta mais e destaca são nado livre e borboleta. É o primeiro do ranking Norte/Nordeste e o primeiro no estado do Pará na categoria gran master.

Nos Jogos Nacionais de Integração da Polícia Federal – JOIDS, de 2005, Neri conquistou excelentes resultados, ganhou a prova dos 50m livre, ficou em 2° lugar na prova de nado peito, em 3° nos 50m costas e em 4° lugar nos 400 m livre.

Jornalista: Renata Leite

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar