DG convoca SINPECPF para debater reestruturação e reformas no Ed. Sede

O Diretor-Geral da PF, Leandro Daiello Coimbra, voltou a receber o SINPECPF na tarde dessa segunda-feira (24). Em pauta, a retomada das negociações referentes à reestruturação da carreira administrativa com o Ministério do Planejamento e a reforma no sistema de ar condicionado do Ed. Sede. O DG aproveitou a oportunidade para ratificar seu apoio à reestruturação, afirmando que a partir de outubro reforçará a defesa do pleito junto ao governo.

Daiello culpou a agenda atribulada dos últimos dias por ainda não ter tido tempo de voltar a trabalhar em prol da reestruturação. Segundo ele, o Ministério da Justiça está convencido da importância da demanda e passou a tratá-la como prioridade no que tange à PF. A intenção é usar o processo no combate à terceirização irregular e ao desvio de função de policiais, práticas cada vez mais criticadas pela mídia.

Outro ponto sobre o qual o DG queria tratar é a reforma do sistema de ar condicionado do Edifício Sede, que vem ocasionando transtornos entre os servidores. Sem contar com ventilação adequada, muitas salas acabaram se transformando em verdadeiras estufas. O sindicato inclusive já ingressou com pedido de laudo ambiental para que seja paga insalubridade à categoria enquanto durar a reforma.

O DG afirmou estar ciente do problema e revelou ter autorizado os diretores a adotar medidas para atenuá-lo. Essas medidas poderão incluir desde a adoção de turno único de expediente até a redução de jornada dos servidores. Como há salas em que o calor se torna insuportável à tarde e outras em que o período crítico se dá pela manhã, a intenção é que as chefias conciliem com os servidores a melhor forma de contornar o problema.

Com isso, o SINPECPF sugere aos colegas lotados no Ed. Sede que procurem suas chefias imediatas para negociar alternativas para o problema. Caso o chefe não concorde em discutir a questão, o servidor deverá entrar em contato com o sindicato para que possamos informar a Direção-Geral sobre o caso. No encontro com o sindicato, o DG se comprometeu a intervir nesses casos no sentido de garantir que os servidores tenham condições de trabalho adequadas.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar