Mais 24h: Planejamento adia reunião do SINPECPF

Sofrimento pouco é bobagem, pelo menos no que depender do Ministério do Planejamento, que acaba de remarcar a reunião do SINPECPF de quarta para quinta-feira (23). De acordo com o Planejamento, a mudança é fruto de erro de comunicação da equipe do Ministério, que informou incorretamente a data da reunião para o sindicato.

A alteração adiciona mais 24h de tensão à greve dos servidores administrativos da PF. De braços cruzados desde a última quarta-feira (15), a categoria aguarda uma resposta para seu pleito de reestruturação, que há anos vem sendo debatido com os técnicos do governo.

Os administrativos também esperam receber proposta de reajuste salarial, embora os planos do governo de oferecer a todo funcionalismo aumento de apenas 15,8% - e parcelado em três vezes - não contemple nem de longe as reivindicações. "Desejamos ser colocados em pé de igualdade com categorias como a dos administrativos da Abin, que possuem atribuições semelhantes as nossas", explica a presidente do SINPECPF, Leilane Ribeiro de Oliveira.

O plano da categoria é manter a greve até no mínimo quinta-feira, quando a proposta do Planejamento será analisada em Assembleia. "O que faremos será reflexo da proposta", sustenta Leilane. A greve dos administrativos da PF afeta todo o suporte à atividade policial e também os serviços de atendimento ao cidadão, paralisando setores como emissão de passaportes, registro de estrangeiros e o controle de entrada e transporte de produtos químicos em território nacional.

A categoria reivindica reestruturação da carreira, valorização salarial e abertura de novo concurso para fortalecimento de seus quadros.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar