Servidores da PF “dão o sangue pelo Brasil” e pedem reconhecimento do governo

Em gesto que misturou solidariedade e protesto contra o descaso do governo, servidores administrativos, delegados e peritos da Polícia Federal lotaram os hemocentros das capitais do país nesta quarta-feira (4) para doar sangue em campanha intitulada “A PF dá o sangue pelo Brasil”. A iniciativa teve grande repercussão, recebendo cobertura de emissoras de TV e de rádio, além de reportagens em diversos jornais e portais da Internet.

Em Brasília, cerca de 80 servidores foram até o hemocentro, mas apenas a metade foi considerada apta a doar. Antes da doação, representantes do SINPECPF, ADPF, APCF e Fenadepol fizeram discursos de protesto contra a forma com que o governo vem tratando a Polícia Federal. Na opinião dos sindicalistas, a PF sofre um processo de sucateamento que tem obrigado seus servidores a rumar para outras instituições.

O presidente da ADPF, Marcos Leôncio, fez questão de registrar o apoio dos delegados ao pleito de reestruturação dos servidores administrativos da PF. “Talvez este seja o pleito mais justo na PF hoje. Tanto que toda a categoria policial o apoia”, afirmou. Para Leôncio, a reestruturação é necessária para acabar com os desvios de função de policiais e colocar um freio no processo de terceirização. “Defendo a reestruturação até como forma de ampliar a participação dos servidores administrativos nas atividades de polícia administrativa”, disse o delegado, considerando que tal medida traria importante ganho gerencial à PF.

A presidente Leilane Ribeiro de Oliveira agradeceu a presença dos colegas que atenderam ao chamado do sindicato para a doação. “Será um importante recado para a sociedade”, avaliou. Na opinião dela, o protesto simbólico mostra que a PF faz reivindicações com responsabilidade, tentando não prejudicar a população. “Caso tenhamos que adotar medidas mais enérgicas, a responsabilidade deve recair na falta de habilidade do governo em negociar", registrou.

Doação nos Estados – Era certo que uma singela agulha não colocaria medo em servidores que dão sangue e suor todos os dias para o bom funcionamento da Polícia Federal. Por isso, a campanha “A PF dá o sangue pelo Brasil” foi um sucesso em todo o país. Confira aqui algumas imagens da mobilização pelos estados:


Colega Clemência Picanso "dá o sangue" em Alagoas.


Reinvindicações do Mude PF ecoam também em Santa Catarina.


 


Solidariedade também no Rio Grande do Sul.


Manifestação em Minas Gerais.


Colegas do Amapá também atenderam a convocação do Mude PF

 

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar