Mude PF – Um país moderno precisa de uma polícia estruturada

O povo brasileiro está preocupado. O aumento dos índices de criminalidade mostra que a segurança de nosso país precisa ser reformulada. Uma mudança que deve começar pela modernização dos órgãos de segurança. É o caso da PF, principal órgão de combate à corrupção e ao tráfico de drogas no Brasil, cujos servidores sofrem com as más condições de trabalho. Para piorar, o Governo tem insistido sistematicamente em uma política de contenção de despesas na instituição.

É por isso que servidores administrativos, delegados, peritos e papiloscopistas da PF decidiram se unir para pedir mudanças no órgão. É o “Mude PF – Movimento Unido em Defesa da Polícia Federal”, uma frente que pretende dar um recado claro ao governo: a sociedade não aceita o engessamento da PF. O Mude PF tem por objetivo a defesa da aposentadoria especial, a instituição do adicional de fronteira, a reestruturação da carreira administrativa e a correta valorização dos policiais federais e dos servidores administrativos. 

A primeira manifestação do Mude PF já tem data para acontecer. Será entre os dias 18 e 20 de junho, em plena Rio+20, e contará com panfletagem de material expondo as dificuldades enfrentadas hoje pelos servidores da Polícia Federal. No dia 18, a entrega de panfletos ocorrerá no aeroporto do Galeão e nos dias 19 e 20 nos eventos ligados à Rio+20.

"A PF dá o sangue pelo Brasil!" - Além disso, para dar maior visibilidade ao Mude PF, convocamos os servidores administrativos de todo o Brasil para, no dia 20 de junho, juntamente com os colegas policiais, doarmos sangue nos hemocentros locais, cujos estoques estão abaixo do ideal. Com esse gesto simbólico, reforçaremos a ideia de que os servidores da PF dão o sangue pelo Brasil, mesmo sem receber o devido reconhecimento por parte das autoridades governamentais. Vale destacar: aqueles que participarem irão receber camiseta do movimento Mude PF. Recomendamos a todos os colegas que tirem fotos durante a doação de sangue – usando a camiseta do movimento –, encaminhando-as ao SINPECPF pelo e-mail comunicação@sinpecpf.org.br

Apenas para reforçar: os dias 18 e 19 terão manifestação apenas no Rio de Janeiro. Já no dia 20, a mobilização acontece em todo o país, por meio de doação de sangue. Lembrando ainda que a doação de sangue dá direito a um dia de licença do trabalho. Assim, todos devem participar. Clicando aqui, é possível conferir os requisitos para ser doador de sangue.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar