Deputados que investigarão terceirização na PF começam a definir estratégia de atuação

Responsável pela condução das atividades do Grupo de Trabalho que irá investigar a terceirização na Polícia Federal, o deputado Alberto Filho (PMDB/MA) recebeu o SINPECPF na tarde ontem (31) para debater o plano de atuação que os parlamentares pretendem seguir. Ele revelou que o grupo já solicitou audiência com o diretor-geral da PF e que posteriormente haverá reuniões com representantes dos Ministérios da Justiça e do Planejamento.

Na opinião do deputado, o trabalho desenvolvido pelos parlamentares deve ter como meta a fixação de prazo para que a PF coloque fim à terceirização irregular, substituindo estes profissionais por servidores administrativos concursados. O deputado também confirmou estar de acordo com o SINPECPF, avaliando que um novo concurso só deve ocorrer após a carreira ter sido devidamente reestruturada. “Somente dessa forma poderemos realizar este concurso sem termos de nos preocupar com o êxodo de servidores”, avaliou.

Os representantes do SINPECPF aprovaram a estratégia dos deputados e explicaram que a categoria está avaliando assinar Termo de Acordo com o Ministério do Planejamento para que as negociações referentes à reestruturação do PECPF ocorram no período de setembro de 2011 e março de 2012. “Nossa preocupação é que já assinamos termos como esse no passado, mas mesmo assim nossa reestruturação não saiu do papel”, explicou a presidente em exercício Cleuza Menezes.

Alberto Filho disse compreender a preocupação do sindicato e garantiu que, caso o acordo seja firmado, os parlamentares irão trabalhar para que as negociações rendam frutos desta vez. “Acredito que essa será a principal atribuição deste grupo de trabalho: assegurar que a reestruturação da carreira realmente aconteça”, concluiu.

Além do deputado Alberto Filho e das representantes do SINPECPF, a reunião também contou com a presença do chefe de gabinete do deputado Delegado Protógenes (PCdoB/SP), Marcos Emílio. Protógenes também integra o Grupo de Trabalho que irá investigar os contratos da PF.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar