DG quer que valorização do PECPF seja tratada como política de segurança

As pistas oferecidas pelo Ministério do Planejamento de que os reajustes do PECPF estarão muito abaixo do almejado pela categoria mostram que Governo continua colocando os servidores administrativos da PF na vala comum do serviço público. O diretor-geral da PF, Leandro Daiello Coimbra, deseja mudanças nesse panorama. Para tanto, ele se comprometeu a pedir apoio ao ministro da Justiça para que a reestruturação salarial do PECPF passe a ser tratada como política de segurança pública.

De acordo com o diretor-geral, os problemas enfrentados pela Polícia Federal em decorrência do pequeno contingente de servidores administrativos precisam ser levados em consideração nas negociações pela reestruturação salarial do PECPF. Ele avalia que a categoria precisa ser valorizada para que a PF continue contando com bons profissionais em sua atividade administrativa, até porque do contrário, o órgão não terá como combater o desvio de função de policiais nem por fim à terceirização.

Para o SINPECPF, a crescente preocupação da sociedade com a segurança pública e com o combate a corrupção são trunfos que devem ser utilizados na negociação, pois colocam a PF em posição de destaque. Reestruturar a carreira administrativa precisa ser visto como um investimento para que as atividades da instituição continuem primando pela eficiência.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar