Concurso: PF otimista quanto à abertura de 1.352 vagas

Tendo divulgado ainda em 2010 a programação de abertura de 1.352 vagas em concursos para as áreas policial (1.024 vagas) e administrativa (328), a Polícia Federal (PF) vive a expectativa de ser relacionada entre as possíveis exceções ao adiamento de concursos, e também nomeações, no Executivo federal. A previsão é que até o fim deste mês o Ministério do Planejamento conclua o estudo que irá definir os casos que não serão postergados.

A PF possui pedidos em análise no Planejamento para a realização de dois concursos para a área policial, com 512 vagas cada. Um deles é para 396 vagas de agente e 116 de papiloscopista, enquanto o outro é para 362 vagas de escrivão e 150 de delegado.

Os cargos têm como requisito o ensino superior completo em qualquer área e proporcionam remuneração inicial de R$7.818,33 (já com auxílio-alimentação de R$304). A exceção é o cargo de delegado, cuja exigência é o bacharelado em Direito e a remuneração é de R$13.672,68. Para todos eles, é exigida ainda a carteira de habilitação ("B" ou superior).

Para a área administrativa, a meta é oferecer 328 vagas de agente administrativo, destinadas a quem possui pelo menos o ensino médio completo. A remuneração inicial, nesse caso, é de R$3.203,97.

O reforço no efetivo da PF é importante para ampliar o combate ao tráfico de drogas e armas no país e ao crime organizado, além de dotar o departamento de estrutura adequada para fazer frente à demanda gerada pelos grandes eventos que serão realizados no país, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Fonte : Folha Dirigida

O SINPECPF enfatiza que o concurso em questão seria apenas para preenchimento de cargos atualmente vagos e que a Polícia Federal fez outro pedido de abertura de concurso para a área administrativa, no qual é solicitada a criação de 3 mil novas vagas, que seriam preenchidas após a carreira ter sido devidamente reestruturada. Defendemos que os dois certames sejam realizados, pois o preenchimento de apenas 328 vagas não será capaz de atender à grande demanda de servidores administrativos que a Polícia Federal enfrenta.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar