Mensagem aos servidores do Plano Especial de Cargos da PF

Caros colegas, servidores e servidoras do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal.

Vivemos hoje o alvorecer de 2011, e mais uma vez devemos depositar no ano que começa as esperanças de que a reestruturação de nossa carreira atravesse etapas mais conclusivas do que aquelas vivenciadas nos anos anteriores.

Para tanto, é preciso antes dar um recado a toda nossa categoria. Não podemos nos apoiar somente à vã expectativa de que dias melhores cairão do céu, pois nosso futuro depende do trabalho que devemos realizar hoje. E esse trabalho, os colegas bem sabem, é mostrar às autoridades de nosso país o quanto a sociedade brasileira e a Polícia Federal serão beneficiadas com a reestruturação de nossa carreira.

Nós do SINPECPF sabemos – e compreendemos – não ser fácil conclamar os colegas a novamente lutar após tantas expectativas frustradas ao longo dos anos. Contudo, esta é a única alternativa. Em 2011, passaremos a negociar com um novo governo e cabe a nós pressionar para que ele não se porte como seus antecessores, relegando nossa categoria ao segundo plano em nosso órgão, proporcionando o cenário ideal para que vicejem na Polícia Federal os desvios de função e as terceirizações irregulares. É nosso papel cobrar que as reformas estruturais de que a Polícia Federal necessita sejam realizadas, e dele não podemos abdicar.

Não será uma tarefa fácil. Infelizmente, não é simples fazer com que aqueles que estão fora do órgão em que trabalhamos compreendam que a Polícia Federal não é composta apenas por servidores policiais. Ao dizer isso, não pretendemos desmerecer o trabalho desempenhado por nossos colegas de órgão, verdadeiros alicerces da segurança pública nacional. Almejamos apenas deixar claro que a atividade policial só existe quando devidamente alicerçada pelo suporte administrativo, que compete a nós, servidores do Plano Especial de Cargos.

Como uma verdadeira “engrenagem” que compõe a “máquina” policial do estado, colaboramos para que nosso país possa enfrentar a criminalidade que põe em risco o pleno crescimento de nossa sociedade. A qualidade do trabalho desempenhado pela Polícia Federal advém do esforço de todas as categorias que a compõe. Não é razoável que o governo dispense mais atenção para a categoria “A” ou “B”, pois a “máquina” deixará de funcionar quando qualquer das “engrenagens” estiver desgastada ao ponto de não poder mais cumprir o seu papel com presteza.

Assim, nós do SINPECPF esperamos contar com o apoio de todos os colegas nas lutas que iremos travar no decorrer de 2011, inclusive daqueles que não estiveram conosco em 2010. “Um ano só será realmente novo quando deixarmos de cometer os erros do passado”. Não podemos fugir da batalha e precisamos estar unidos para enfrentá-la. Por isso, lute conosco! Estamos convencidos de que isto é o certo a fazer!

Leilane Ribeiro de Oliveira
Presidente

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar