Eleições: Segundo turno deve adiar negociações sobre reestruturação do PECPF

Ao contrário do que projetavam os principais institutos de pesquisa, a eleição para presidente da república será decidida em segundo turno. No dia 31 de outubro, o eleitorado poderá optar pelas propostas de Dilma Roussef (PT) e de José Serra (PSDB). A indefinição na corrida presidencial deve influenciar no andamento das negociações pela reestruturação do PECPF, uma vez que o Ministério do Planejamento só pretende tratar da questão após as eleições.

Os debates sobre o projeto de Lei Orgânica da Polícia Federal, por sua vez, deverão ser retomados com a definição das eleições para o legislativo. O SINPECPF continua em contato com os parlamentares envolvidos na análise da matéria, algo que será intensificado a partir desta semana. “Esperamos que o relatório do deputado Laerte Bessa seja apresentado nos próximos dias e que a questão seja votada na Câmara ainda pelos atuais deputados”, revela a presidente Leilane Ribeiro de Oliveira.

Portanto, filiado, é preciso ficar atento. Os próximos dias poderão ser decisivos para a categoria. A participação de todos na batalha para que essas reivindicações sejam atendidas é primordial. O empenho de cada servidor do PECPF fortalece a luta para que tenhamos a valorização que nos é devida.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar