SINPECPF: há cinco anos lutando pela valorização do servidor administrativo da PF

Cinco anos de vida. Dependendo da perspectiva, não parece muito tempo. Apesar disso, já são muitas as histórias que o SINPECPF pode contar sobre sua trajetória de lutas em prol da valorização do servidor administrativo da Polícia Federal. Foram e ainda são batalhas árduas, travadas contra adversários que nem sempre estão preocupados em entender como realmente funcionam as engrenagens que movem a segurança pública nacional.

Nesse período, o sindicato atuou diretamente na conquista de um reajuste salarial; na regulamentação da avaliação individual da gratificação de desempenho; na extensão da atividade física para os servidores do PECPF; na inclusão de nossa categoria no anteprojeto de Lei Orgânica da Polícia Federal; entre outras conquistas.

Além das demandas citadas, nas quais já obtivemos êxodo, continuamos a lutar para que seja paga, de forma retroativa, a diferença da GDATA e da GDATPF aos aposentados; para que a Polícia Federal conceda aposentadoria especial aos servidores que atuam em condição de perigo ou insalubre; contra a cultura de discriminação entre diferentes categorias existente dentro da Polícia Federal; contra a terceirização de atividades cuja competência para realizar é de servidores públicos de carreira. Há ainda outros pleitos pelos quais estamos lutando nesse exato momento, sempre em busca do reconhecimento pelo importante papel desempenhado pelo servidor administrativo dentro da Polícia Federal.

E não podemos deixar de lembrar a mais importante bandeira empunhada pelo SINPECPF desde sua criação: a reestruturação do PECPF. Durante esses cinco anos, não foram poucas as pessoas que tentaram desencorajar o sindicato de lutar por ela, argumentando que o pleito era inalcançável, e que melhor seria a categoria aceitar a inevitabilidade da derrota, contentando-se com as migalhas daquilo que seria oferecido aos demais. Porém, o SINPECPF, apoiado por sua base sindical, não desistiu desse sonho e se pôs a lutar. Com o ideal de reestruturar a carreira em mente, travamos inúmeros debates no Poder Executivo, buscando convencer as autoridades sobre a importância da questão. Foi essa insistência que proporcionou que a demanda avançasse até o Ministério do Planejamento – que também ofereceu resistência à proposta, mas já admite tratar do tema nos termos que sempre defendemos.

No Legislativo, também fomos à luta. Com argumentos sólidos e incontestáveis, colocamos a reestruturação do PECPF entre as questões mais importantes do projeto de Lei Orgânica da Polícia Federal. Tudo isso após tantas pessoas dizerem que nossa demanda jamais seria discutida em um projeto desse tipo.

Assim, cinco anos se passaram desde o dia em que os servidores do Plano Especial de Cargos do Departamento de Polícia Federal decidiram criar um sindicato que atuasse em prol das demandas específicas da categoria. Isso porque só quem faz parte do PECPF está apto a saber do que os servidores administrativos realmente precisam. Por isso, é de primordial importância fortalecer os alicerces que compõe o sindicato que representa a NOSSA categoria. Um sindicato que há cinco anos luta exclusivamente para que o servidor administrativo seja valorizado, e que está disposto a lutar o quanto for necessário para que isso finalmente aconteça.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar