SINPECPF e diretor-geral se reúnem para tratar da reestruturação e de ajuste salarial

O SINPECPF teve, nesta sexta-feira, 29 de janeiro, sua primeira reunião com o diretor geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, sob o comando de sua nova diretoria-executiva. Além de formalizar a apresentação dos novos representantes do sindicato ao diretor-geral, o encontro também serviu para debater as estratégias de atuação conjunta para viabilizar a reestruturação da Carreira Administrativa e a aprovação de uma nova tabela salarial para a categoria.

Corrêa afirmou que os trabalhos do primeiro trimestre de 2010 devem focar a rápida aprovação dos projetos de lei que reestruturam as carreiras existentes dentro do DPF.  Para tanto, o diretor revelou manter conversas com todas as entidades de classe, pois defende que as demandas sejam debatidas conjuntamente. “Não quero trabalhar em função dos interesses dessa ou daquela categoria. Meu compromisso é reestruturar a Polícia Federal como um todo”, assegurou.

A presidente do SINPECPF, Leilane Ribeiro de Oliveira, deixou claro que acompanha diariamente o andamento destes processos. “Nossa reestruturação ainda não saiu da secretaria de assuntos legislativos do Ministério da Justiça enquanto o de outras categorias já seguiu para o Planejamento. É impossível haver uma negociação conjunta desta forma.”, ressaltou. O diretor-geral concordou, afirmando ainda que irá entrar em contato com o secretário de assuntos legislativos do MJ, Pedro Vieira Abramovay, para esclarecer a demora e pedir maior celeridade para a demanda do PECPF.

Segundo o diretor-geral, a estratégia de negociação no Ministério do Planejamento será realizada em bloco: “Os projetos de reestruturação do plano especial de cargos, dos policiais e das demais categorias serão discutidos em conjunto, de modo a fortalecer os argumentos do Departamento.”, revelou. Ele ainda afirmou que a iminente saída do ministro da justiça, Tarso Genro, para disputa das eleições, não atrapalhará o processo. “Trabalhamos para que tudo se ajuste enquanto o ministro Tarso esteja à frente da pasta. Mas, caso isso não seja possível, temos o compromisso dele em colaborar com o processo”, garantiu.

Reajuste Salarial

O encontro também serviu para que os representantes do SINPECPF cobrassem mais empenho do diretor-geral na aprovação da nova tabela salarial para o PECPF. A diretora de assuntos parlamentares do sindicato, Pauleana Martins Nunes, argumentou que a reestruturação precisa ser seguida de reajuste para que a categoria se sinta realmente valorizada. “Só assim vamos acabar com o êxodo de servidores administrativos que hoje aflige a Polícia Federal”, ressaltou.

Corrêa afirmou estar atento sobre a questão e disse que a estratégia adotada para a questão salarial será a mesma referente à reestruturação. “A recomposição salarial também será discutida conjuntamente. Caso haja reajuste para A, deverá haver para B e C. Já me reuni com o Diretor de Gestão de Pessoal, Joaquim Mesquita, para deixar bem clara esta política.”, declarou. O diretor-geral também revelou que o impacto financeiro da nova tabela proposta para o PECPF havia sido encaminhado ao MJ na manhã desta sexta-feira, o que pode ser comprovado junto ao protocolo da Polícia Federal.

Para Pauleana, é importante que a política de atuação conjunta defendida pelo DPF não se atenha a discursos. “Estamos conversando com outras entidades de classe nesse sentido e nossa posição tem sido bem acolhida entre eles. Contudo, o DPF precisa ser firme nesta posição, pois nossa categoria não pode ser mais uma vez prejudicada para que o interesse dos outros seja assegurado.”, cobrou.

Após a cobrança, o diretor-geral mais uma vez se comprometeu a apoiar o pleito do PECPF. Ele também aconselhou que o diálogo franco com as demais entidades sindicais seja mantido. “Temos uma margem de manobra orçamentária para realizar os reajustes. Mas o consenso tem de vir o quanto antes, pois tudo precisa estar acertado ainda no primeiro semestre”, alertou.

Por fim, o diretor-geral fez questão de passar um recado para todos os servidores administrativos: “Gostaria de agradecer publicamente os servidores do Plano Especial de Cargos pela dedicação empenhada em suas atribuições ao longo do ano passado. Vocês foram primordiais para os resultados positivos apresentados pela Polícia Federal em 2009.”

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar