Servidores federais vão passar a fazer exames de saúde periódicos

Os servidores federais vão passar a fazer exames de saúde periódicos. É o que determina Instrução Normativa da Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, publicada ontem no ‘Diário Oficial da União’. A periodicidade vai variar de acordo com a idade e a atividade do funcionário. Quem tem entre 18 e 45 anos deverá fazer o check-up uma vez a cada dois anos. Para os servidores acima de 45 anos, o intervalo entre os exames será de um ano. Mas, se o empregado executar atividades que aumentem o risco de doenças crônicas, esse prazo pode ser reduzido.

Entre os exames exigidos, estão hemograma completo, medições de glicemia, colesterol, triglicerídeos e creatinina e exame de urina. Para as mulheres, a verificação das células do colo do útero (Papanicolau) também será obrigatória. Os servidores com mais de 45 anos também terão que fazer exame oftalmológico. Para os maiores de 50, a lista aumenta: pesquisa de sangue oculto nas fezes, mamografia para mulheres e PSA — exame que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata na corrente sangüínea — para homens.

Os servidores poderão fazer os exames por meio do plano de saúde da União. Para quem não for associado (segundo o Ministério do Planejamento, apenas 38% do funcionalismo estão no plano), serão feitos convênios específicos com clínicas e laboratórios para a realização das avaliações. Os setores de Recursos Humanos dos órgãos serão responsáveis pela divulgação dos prazos aos servidores. Até o fim deste ano, o governo quer ter pelo menos 70% dos servidores com os exames em dia.

(Fonte: O Dia)

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar