SINPECPF entrevista DG sobre a Lei Orgânica

Na última sexta-feira, dia 9 de maio, o Diretor Geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, concedeu entrevista ao SINPECPF logo após solenidade de posse do novo superintendente da Polícia Federal da Bahia, Hélbio Afonso Dias Leitte.

Confira:

SINPECPF - Quais os encaminhamentos da Lei Orgânica, especificamente, as reivindicações feitas para o Plano Especial de Cargos da Polícia Federal?

Luiz Fernando Corrêa - Olha... Todos os pleitos de todas as categorias durante a comissão foram encaminhados não só deste último grupo, como dos trabalhos anteriores. A direção agrupou todas estas sugestões... Fez uma análise, agregou aos interesses da administração, no sentido de funcionalidade da Polícia, e nós estamos numa fase final de ajuste desse conjunto para abrir um novo período de debates com as entidades. Mas ai já com uma visão, um tratamento, um filtro por parte da direção de todas aquelas sugestões e agregando os interesses da administração. Mas isto antes de qualquer outro encaminhamento formal será oferecido às entidades num período de debate.

SINPECPF - Então você reafirma a defesa dessas reivindicações feitas por essa categoria?

Luiz Fernando Corrêa - Para todas as categorias... Nós temos a plena consciência que os servidores administrativos têm um papel importante, principalmente nesse momento em que nós estamos trabalhando um conceito de gestão na Polícia Federal. Nós queremos profissionalizar nossa atividade meio... Nós precisamos ter um quadro de atividades meio comprometido com a política institucional. Então, dentro dessa linha, com uma visão bem institucional é que nós estamos dando tratamento. Eu só não torno públicos detalhes porque são ajustes finais que estão sendo feitos, inclusive em consonância com o ministro da Justiça para quando nós oferecermos para o debate já tenhamos uma posição firme da Direção Geral da Polícia Federal e, também do ministro da Justiça.

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar