SINPECPF participa de Paralisação Nacional

O Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal – SINPECPF dá a seguinte orientação aos servidores do PEC sobre a Paralisação Nacional do Dia 21 de junho:

O Sindicato vai participar do movimento em conjunto com o Grupo de Entidades Representativas das Categorias de Classe do Departamento de Polícia Federal – GERC, e orienta os representantes estaduais do SINPECPF que tenham a mesma iniciativa paralisando todas as atividades a partir das 8 horas na próxima quarta-feira.  

O SINPECPF orienta seus representantes nos estados que se reúnam com os representantes estaduais da ADPF, ANSEF, APCF, FENADEPOL, FENAPEF (Sindicato Local) E SINDEPOL para firmar o compromisso de participar do movimento e se manterem unidos até o cumprimento das reivindicações.

A decisão pela paralisação é por conta da demora do Governo em atender as reivindicações dos servidores do Departamento de Polícia Federal, entre elas a gratificação de 100% e a estruturação da carreira do PEC.

Leia a nota emitida pelos dirigentes do GERC:

O GERC – Grupo de Entidades Representativas das Categorias do Departamento de Polícia Federal, vem informar a todos os policiais federais que em reunião realizada em 14/06/2006, foi deliberado o que segue:

 I - CONSIDERANDO que a demora na implementação do compromisso assumido no ano passado e consubstanciado pelo ato firmado pelo Excelentíssimo Senhor Ministro da Justiça, em nome do Governo Federal, configura flagrante desrespeito ao Senhor Ministro, ao Senhor Diretor-Geral do DPF, bem como a todos os servidores do órgão;

 II - CONSIDERANDO que a Polícia Federal, apesar de toda a angústia e ansiedade que atualmente aflige aos seus servidores, vem trabalhando exemplarmente, tendo o seu esforço reconhecido e aplaudido pela sociedade brasileira;

 III - CONSIDERANDO que nos últimos cinco anos as demais categorias do Serviço Público Federal tiveram reajustes substanciais, enquanto aos servidores do DPF foi destinado, no mesmo período, recomposição que, sequer alcançou os índices inflacionários;

 IV - CONSIDERANDO que a recomposição salarial é crucial para o restabelecimento da dignidade dos servidores da Polícia Federal, haja vista a imensa diferença salarial atualmente vigorante entre o DPF e as demais categorias que compõem o sistema criminal da União;

 RESOLVE:

Em apoio ao Excelentíssimo Senhor Ministro da Justiça e ao Ilustríssimo Senhor Diretor-Geral do Departamento de Polícia Federal, e em razão da demora na implementação do compromisso firmado pelo Governo Federal em fevereiro do ano corrente, paralisar as atividades da Polícia Federal a partir das 8 horas da próxima quarta-feira, dia 21/06/2006.

 Assinam o presente ato:

 ADPF – Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal  (Sandro Torres Avelar)

 ANSEF - Associação Nacional das Entidades Associativas dos Servidores da Polícia Federal (Carlos Alberto da Costa Gatinho)

 APCF – Associação dos Peritos Criminais Federais (Antonio Carlos Mesquita)

 FENADEPOL – Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (Creuza Camelier)

 FENAPEF – Federação Nacional dos Policiais Federais  (Francisco Carlos Garisto)

 SINDEPOL – Sindicato Nacional dos Delegados de Polícia Federal (Joel Zarpelon Mazo)

 SINPECPF – Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (Francisca Hélia Leite Carvalho Cassemiro).

 

Jornalistas: Renata Leite e Gisele Silva

Foto: Krisna / ADPF

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar