GERC se reune para buscar cumprimento de acordo com o Governo

Os membros do GERC se reuniram na tarde desta quarta-feira, 3, para definir os pontos mais importantes a serem abordados sobre as negociações com o governo para cobrar o cumprimento do acordo.

No caso do SINPECPF o objetivo é concretizar o que foi acordado nas negociações referentes ao acréscimo de 100% sobre a GEAPF e a estruturação do Plano Especial de Cargos relativo a nomenclatura própria, atribuições e tabela de vencimentos.

Participaram da reunião: Euler Dias da Veiga, ABRAPOL, Carlos Garisto, FENAPEF, Sandro Avelar, ADPF, Joel Mazo, SINDEPOL, Hélia Cassemiro, SINPECPF, Joana Machado de Carvalho, filiada SINPECPF, Antonio Mesquita, APCF e Carlos Alberto Gatinho, ANSEF.

"Precisamos avançar nas negociações para alcançarmos esses objetivos ainda esse semestre" declarou a presidente do SINPECPF, Hélia Cassemiro.

Leia na íntegra a nota divulgada pelo GERC.

GERC - COMUNICADO URGENTE

03/05/2006

Tendo em vista as diversas informações que vêm circulando, em nível nacional, a respeito das reivindicações dos servidores da Polícia Federal o GERC reuniu-se em caráter de URGÊNCIA, hoje, 03 de maio de 2006, na sede da ADPF em Brasília, onde decidiu-se, de imediato, buscar junto aos Ministérios: da Justiça, Planejamento, Orçamento e Gestão, Fazenda, bem como a Casa Civil, informações oficiais sobre as tratativas levadas a efeito pelo governo a respeito do assunto em tela, sendo possível precisar o seguinte:

1-O Ministro da Justiça, Dr. Márcio Thomaz Bastos, tem se empenhado efetivamente na concretização e na manutenção do já apresentado oficialmente ao GERC, tendo sofrido, todavia, objeções de alguns setores técnicos do governo contra o inteiro teor do que se pleiteia;

2- Apurou-se, também, que Assessores da Casa Civil, em reunião exclusiva para tratar do assunto, procuraram alterar o que já havia sido combinado e sacramentado pelo MJ de forma oficial;

3- Diante dos fatos o GERC entende que o trabalho governamental para solucionar de vez o pleito apresentado pela Direção-Geral do DPF está sendo finalizado e, por esse motivo, resolveu manter a presente ASSEMBLÉIA em ESTADO PERMANENTE com a finalidade de informar à categoria, e, em especial, ficar vigilante para que na reta final dos acontecimentos não seja dada solução diversa do compromisso público do Ministro de Estado da Justiça, em nome do Governo Federal, perante a Polícia Federal.

Brasília, 3 de maio de 2006

ABRAPOL, ADPF, SINPECPF, ANSEF, APCF, FENAPEF, SINDEPOL

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar