Votação Adiada

A Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputado adiou novamente a votação do Projeto de Lei 4.497/01, da deputada Rita Camata (PMDB/RJ), que dispõe sobre o direito de greve no serviço público. Porém, a matéria não sai de pauta. Existe um acordo entre os deputados para que se vote essa matéria em no máximo 15 dias. Na reunião da comissão, ontem, o relator da proposta, deputado Nelson Marquezelli (PTB/SP), apresentou um áudio com discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que pedia a regulamentação do direito de greve. O relator pretende votar o quanto antes a matéria. Mas seu parecer não agrada aos servidores públicos. Existe, ainda, uma proposta alternativa, do deputado Tarcísio Zimmermann (PT/RS), que é mais flexível.

(Fonte: Ponto do Servidor - Jornal de Brasília)

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar