Teto para consignado

O Ministério do Planejamento reduziu para 2,5% o limite máximo dos juros dos empréstimos e pagamentos consignados (com desconto direto na folha de pagamento) para os funcionários públicos federais. No mercado em geral, a modalidade tem taxa máxima de 4% atualmente e uma média mensal de 2,16%, de acordo o Banco Central. Na próxima semana será publicada uma portaria do ministro Paulo Bernardo formalizando este percentual, que passará a ser igual ao cobrado no crédito consignado dos aposentados e pensionistas do INSS.

(Fonte: Ponto do Servidor - Jornal de Brasília)

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar