Flora Mesquita discursa em cerimônia de hasteamento no DPF

Na cerimônia de hasteamento realizada no último dia 02 de maio, no pátio externo do Departamento de Polícia Federal, a colega Flora Mesquita Garcia, administrativa lotada na DMAPH/CGPFAZ/DIREX/DPF, prestou homenagem aos servidores que se aposentaram no último mês: Manuel Andrelino da Rocha, Agente Polícia Federal e Osmar Tavares de Melo, Delegado Polícia Federal.

No seu discurso, lembrando o dia do trabalhador, Flora ressaltou a importância de se ter um emprego em tempos em que muitos no país encontram-se em situação de miséria.

Flora ainda participou da homenagem as mães cantando e tocando as músicas: Como Nossos Pais de Elis Regina e Canção Amiga de Nilton Nascimento.

Leia discurso na íntegra:

HOMENAGEM AOS APOSENTADOS DO MÊS – 02/05/2006

Bom dia a todos presentes. Meu nome é Flora, tenho cerca de um ano de Polícia Federal, sou agente administrativa, e sou a mais nova servidora da Fazendária. Venho neste momento prestar homenagem aos servidores que se aposentaram no mês passado: APF Manuel Andrelino da Rocha e DPF Osmar Tavares de Melo.
Esses senhores viveram a maior parte de suas vidas dedicadas ao trabalho nesta instituição. É muito tempo de estudo, dedicação, esforço que na forma do seu trabalho engrenou uma máquina estatal que não só contribuiu para vida de todos, seja direta ou indiretamente, como para suas próprias vidas.

É importante todos nós lembrarmos que só fato de estarmos vivos, nos tornam batalhadores do dia a dia, nos exigindo trabalhar por nós, por nossa família, pelo próximo. Começamos a trabalhar ao acordar e oferecer um bom dia, com um sorriso no rosto, para nossa família e para nosso colega ao lado. Esse é o trabalho natural, em que a remuneração é simplesmente o amor que recebemos pelo nosso amor oferecido.

Porém, existe o outro que nos permite sobreviver e influenciar de outra forma a vida das pessoas, na prestação de serviço ao próximo, sem que muitas vezes esse próximo nem perceba que algo fizemos por ele. É exatamente esse trabalho que inicio em minha vida, e nossos colegas homenageados acabam de terminar.

Às vezes a gente reclama por melhores salários, tratamento melhor. Sim, nada mais natural e humano do que querermos sempre melhores condições de vida. No entanto, não podemos esquecer de acordar todo o dia e agradecer o que já temos, o trabalho que nós temos hoje. Principalmente quando se tem em vista que grande parte da população não tem nem onde trabalhar.

Então é sempre bom pensarmos que tanto nossos colegas aposentados, quantos nós (que ainda dedicaremos parte de nossa vida a um trabalho, seja aqui no Departamento de Polícia Federal, seja em outra instituição, seja mesmo em casa), o quanto somos pessoas felizes por termos essa oportunidade de trabalhar, de viver, de produzir.

Por isso, presto homenagem aos senhores: Manuel Andrelino da Rocha e Osmar Tavares de Melo, esses nossos colegas que fecharam uma etapa importante da vida para começar outra, tão importante quanto, e homenageio, também, a todos nós trabalhadores.

E agradeço ao Departamento de Polícia Federal, essa instituição com inegável importância para a sociedade, que hoje é o meio de dignificar as nossas vidas.
Tenham todos um bom dia e um ótimo trabalho.

Flora Mesquita Garcia
AADM 12784
Jornalista: Gisele Silva
Foto: Socorro Viana

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar