Brasília: Greve de servidores da PF paralisa emissão de passaportes

 

A emissão de passaportes está paralisada em Brasília. Os funcionários que prestam esses serviço aderiram à greve dos servidores administrativos da Polícia Federal. A categoria não aceitou a proposta do Ministério do Planejamento, feita na semana passada, e a paralisação chega ao 13º dia.

De acordo com a presidente do Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Nacional de Carreira da Polícia Federal (SinpecPF), Hélia Cassemiro, a greve dos servidores administrativos afeta todos os serviços da PF.

“Todos os setores da PF tem atividades exercidas com a presença dos servidores policiais e administrativos. Passaporte, porte de armas, transporte de produtos químicos, tramitação de inquéritos, manutenção e abastecimento de viaturas, pagamento de diárias e passagens. Os serviços da PF estão totalmente afetados”, diz Hélia Cassemiro.

A categoria quer a estruturação do Plano Especial de Cargos da PF no setor administrativo e pede a abertura de mais vagas para concurso públicos. Na avaliação da presidente do sindicato, a proposta do governo não estrutura o plano.

“Nós estamos apresentando a contraproposta para o governo porque nós pedimos a reestruturação especial de cargos e o governo ofereceu uma tabela que não reestrutura. Isso não atende às necessidades e às demandas do órgão.”

Os servidores administrativos da PF fazem assembléia na tarde desta segunda-feira. De acordo com Hélia Cassemiro, a categoria deve se reunir com o Ministério do Planejamento ainda nesta semana para apresentar uma contraproposta ao governo.

Fonte: Agência Brasil

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar