Ceará e Espírito Santo ressaltam greve do PECPF

Os representantes dos estados do Ceará e Espírito Santo ressaltam para os servidores em greve em todo país  o desafio e importância de fortalecer e enfrentar um movimento como o deflagrado pela categoria. As mensagens enviados pelos representantes do SINPECPF motivamacategoriaaseguir adiante na luta pela reestruturação.    

Ceará: Toda greve tem seu preço

Chegou-se a um momento crucial da nossa greve, o momento onde se percebe que nenhuma greve é indolor, que toda greve traz conseqüências desagradáveis a servidores e clientela, sendo a nossa maior clientela os próprios colegas, não é fácil dizer não ao pagamento de  diárias, onde sabemos que o valor é quase insuficiente, principalmente a atrasada.

Esse é um momento de tentação, onde nossos demônios interiores nos convidam a desistir, tentando nos seduzir com a comodidade dos trabalhos em dia, nos assustando com o acumulo de serviços para o encerramento do exercício financeiro. Mas também é um momento de amadurecimento, onde devemos volver a gênese do movimento grevista, e nos perguntar se nossas reivindicações são justas, e se além de justas, são razoáveis de serem atendidas agora. Pensem bem, estamos pedindo o cumprimento da lei, estamos pedindo condições mínimas de trabalho, estamos pedindo respeito a nossa profissão, estamos pedindo o justo e o necessário, e acima de tudo, estamos pedindo o justo e razoável. 

Por isso, vivemos esse momento de grande tentação, a tentação de desistir, desistir pelo medo, pela comodidade, pela sensação de fraqueza. E o governo espera ansiosamente por isso, espera poder continuar nos tratando como um bando de acéfalos que correm diante da primeira batida de pé. E a nossa maturidade e o engajamento que me dão esperança de desmascararmos o faz de conta da Administração do DPF e do governo. O dinheiro gasto com propaganda da PF deveria ser gasto com infra-estrutura administrativa e organizacional, mas enfim... Vejo cada vez mais um movimento consciente que se fortifica.

Persistamos conscientes de que nenhuma greve é indolor, que todas têm um preço a ser pago. Mas um preço INFINITAMENTE INFERIOR ao que pagaremos se fraquejarmos agora.

 Socorro Ricarte – Representante SINPECPF / Ceará

 

Espírito Santo: Representação ressalta importância do movimento 

Apelamos aos que ainda não aderiram a este movimento justo, que atentem para o apoio demonstrado pelo DGP, pelo Diretor Geral e agora pelo Ministro da Justiça: até eles acham justo nosso movimento e que a proposta dos técnicos do MPOG está muito aquém daquilo que você merece; e ainda, dizem que não haverá retaliações, nem mesmo corte de ponto!!!

Perguntamos por que você continua indiferente ao movimento? Por que você prejudica o movimento permanecendo em suas atividades normais? Será que está satisfeito com as condições atuais que o Governo e o DPF oferecem aos servidores administrativos do DPF: este salário e o tratamento diferenciado em relação à carreira policial?

Ainda há tempo; faça parte do atual momento onde buscamos tornar a seguinte frase uma realidade: O DPF SOMOS TODOS NÓS!!!

Saudações sindicais,

Carlos Freire/ES.

 

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar