Negociação coletiva em debate

Está marcada para hoje a primeira reunião do grupo de trabalho, formado por integrantes do governo e das centrais sindicais, que vai elaborar projeto de lei que regulamenta a negociação coletiva no serviço público, ratificando a Convenção 151, da Organização Internacional do Trabalho (OIT). A medida é uma das principais reivindicações dos servidores públicos que vão ganhar, com o projeto, uma data-base para pleitear reajustes salariais e benefícios. Hoje, o Governo Federal concede reajuste quando quer, a que categoria quiser. Isso faz com que categorias com maior poder de fogo e mobilização, geralmente ligada ao atendimento direto da população, consiga melhorias salariais em detrimento de outras carreiras. Com isso, as distorções salariais entre os servidores são preocupantes. Para se ter uma idéia, o maior salário pago no Executivo federal é 14 vezes maior do que a menor remuneração. Para os servidores, o projeto que cria a negociação coletiva deve ser encaminhado ao Congresso Nacional antes da proposta de regulamentação da greve no serviço público.

Maria Eugênia - Coluna Ponto do Servidor

Jornal de Brasília 

 

 

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar