Reajuste de 2007 será de 4,3%

Servidores públicos federais devem ficar atentos nos próximos dias. O Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), cujo anúncio está previsto para a próxima segunda-feira, vai trazer a fixação de um piso de aumento anual para o funcionalismo pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais 1,5% de ganho real – o que daria para 2007 um reajuste da ordem de 4,3%, já que o INPC fechou 2006 em  2,81%. A medida valeria até 2018, com a possibilidade, ainda, de serem concedidos reajustes diferenciados por categoria, respeitando se houve ou não aumento anterior por recomposição. É importante ressaltar que o índice servirá de correção para os salários dos três poderes: Legislativo, Executivo e Judiciário, preservando os acordo já celebrados. Se o governador do DF, José Roberto Arruda, seguir a tradição, este também deverá ser o índice adotado para a correção dos salários do funcionalismo público local. Só para lembrar, o Orçamento da União de 2007 prevê recursos da ordem de R$ 117,9 bilhões para os gastos com os servidores dos três poderes. Só que recente levantamento feito pelo Dieese mostra que o dinheiro não será suficiente para atender a todos os acordos e compromissos firmados com a categoria. Só para os servidores do Executivo, seriam necessários R$ 14,9 bilhões extras.

Ponto do Servidor - COLUNA - Maria Eugênia - Jornal de Brasília

16/1/2007

Comentários Recentes

Somente Logado!

Registrar